Notícias
DESENVOLVIMENTO
Prefeito se reúne com a Associação dos Feirantes
07/11/2017 | 16h03
Prefeito se reúne com a Associação dos Feirantes

O prefeito Mario Botion se reuniu ontem (6) com representantes da Associação dos Feirantes de Limeira (Asfel) e com os trabalhadores da categoria. O secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Paulo Trigo, o diretor do Departamento de Extensão Rural, Dirceu Brasil Vieira, e fiscais da pasta também participaram do encontro. Na ocasião, o chefe do Executivo falou sobre as ações que estão sendo estudadas pelo governo visando melhorias para o setor. “Este contato com os feirantes é fundamental para alinharmos as medidas que podem ser colocadas em prática para revitalizar as feiras e resgatar esta tradição no município. Também trabalhamos na elaboração da minuta de uma lei para administrar o procedimento operacional das feiras livres”, destacou Botion.

Atualmente, as feiras livres são regidas pelo Decreto n.º 43 de 12 de fevereiro de 1998. “É evidente que muitas mudanças ocorreram desde 1998 e com a expansão dos supermercados e quitandas o movimento e o desenvolvimento das feiras livres foram afetados. Os próprios feirantes procuraram o departamento para solicitar alterações na organização geral das feiras”, explicou Vieira.

De acordo com o presidente da Asfel, Anderson Luís Pandolfi Borges, atualmente a cidade conta com 106 feirantes cadastrados na Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente. Eles podem atuar em 20 feiras livres, de terça a domingo. “A reunião foi positiva, é importante esta aproximação com o poder público. O prefeito também mostrou interesse em atender as nossas solicitações”, disse Borges.

Durante a reunião, Paulo Trigo ressaltou que há dois meses a secretaria realiza o recadastramento de feirantes e ambulantes que atuam no município. “O objetivo é atualizar as informações e avaliar propostas que possam agregar valor para estes segmentos. Oferecer cursos para a qualificação profissional é uma das ideias. Também estudamos a ampliação das feiras para outras regiões da cidade”, comentou Trigo.

“O trabalho em parceria vai trazer benefícios para os feirantes, para os consumidores, para o município de maneira geral. As feiras devem ser referência em atendimento e produtos de qualidade. Por meio da associação, a categoria pode se fortalecer”, completou Vieira.

 

 

 

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS