Notícias
VIA-SACRA
Pedagoga estudou história da personagem para interpretar Madalena
05/04/2019 | 15h08
Pedagoga estudou história da personagem para interpretar Madalena

O musical da Via-Sacra – A Maior História de Todos Os Tempos Cantada Pelo Povo de Limeira – conta, em sua 29ª edição, com a voz da pedagoga e professora de matemática Patrícia Massara, que interpreta Madalena.

É a segunda vez que Patrícia participa do espetáculo. Sua primeira experiência foi em 2011, com o papel de uma das bailarinas do Palácio de Herodes e também como povo. Hoje, ela interpreta Maria Madalena, o qual disse ser um papel “muito satisfatório”. “Ela é uma mulher que sofreu e pecou muito na vida, até se arrepender e ir ao encontro de Jesus, que a perdoou, e ela nunca mais voltou a pecar. Ela foi uma das seguidoras fiéis de Jesus e também a primeira a vê-lo ressuscitar e anunciar para os discípulos. Gosto muito dessa personagem, ela tem um peso muito grande na Via-Sacra, pois mostra a sua conversão”, disse.

Para exercer o papel, a professora se aprofundou na história de Madalena. “Esta personagem exige bastante interpretação, no qual para conseguir interpretá-la, pesquisei sobre sua vida e também assisti filmes”, afirmou. Sobre a realização da Via-Sacra, a artista disse achar importante, pois recorda a história de Jesus e leva “o povo a refletir sobre o seu sofrimento por cada um de nós”. Patrícia acrescenta que o espetáculo ainda tem um valor profissional. “Para nós que participamos, também é uma grande oportunidade para adquirir mais experiência com o teatro”, concluiu.

 

O ESPETÁCULO

 

A Via-Sacra estreia no dia 14 de abril, na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no Parque Nossa Senhora das Dores e atende à medida de descentralização cultural, um dos nortes da atual administração municipal. Já nos dias 18 e 19 de abril, a encenação chega à Gruta da Paz, na Praça Toledo Barros, no Centro. Todas as apresentações ocorrem às 20h.

O espetáculo conta com direção-geral do secretário de Cultura e idealizador do projeto, José Farid Zaine, e composição musical de Emanuel Massaro, tendo como compositor convidado Joaquim Prado. A direção musical e regência são de Vinicius Ferreira, cenografia de Guto Oliveira e coreografias de Tendas do Sahara. A gravação e a mixagem são de Cleyver Rossi. As oficinas preparatórias foram ministradas pelas assistentes de direçã o, atrizes e servidoras da Secretaria de Cultura, Ariane Martins e Tatiana Alves.

Notícias recomendadas para você
BUSCAR NOTÍCIAS