Acessibilidade
14 de abril de 2024

Prefeito e vice participam de aula inaugural do Colmeia

FCA UNICAMP/PREFEITURA

Prefeito e vice participam de aula inaugural do Colmeia

O prefeito Mario Botion e a vice-prefeita Erika Tank participaram na noite de segunda-feira (4) da aula inaugural do cursinho pré-vestibular Colmeia, na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA-Unicamp). O cursinho é uma parceria da Unicamp com a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação. A turma matriculada é composta por 250 alunos.

O projeto foi criado em 2010, por iniciativa da professora da Unicamp, Josely Rimoli – na época docente da disciplina de Ética e Cidadania, do curso de Engenharia de Produção. O objetivo do cursinho é atender alunos de Limeira que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas ou bolsistas de particulares, com a finalidade de permitir acesso maior em faculdades públicas, como a FCA.

Em 2013 foi celebrado o convênio com a Prefeitura. O governo Botion passou a reforçar esta cooperação desde 2017, já no seu primeiro ano de administração. As aulas são ministradas por alunos de graduação e de pós-graduação da Unicamp, com recursos da Secretaria de Educação. Elas acontecem no Centro Comunitário do Parque Nossa Senhora das Dores.

O prefeito cumprimentou os novos alunos. “Acho fundamental que vocês aproveitem esta oportunidade e tenham condição de buscar aprovações em vestibulares de universidades públicas”, declarou Botion. “A presença da Prefeitura nessa cooperação com a Unicamp garante uma oportunidade relevante para cada um de vocês”, reforçou Erika Tank.

Pró-reitor de Extensão e Cultura da Unicamp, Fernando Antonio Santos Coelho, também fez parte da mesa e discursou. Ele abordou a questão da busca do conhecimento como algo preponderante à sociedade, numa alusão aos novos alunos.

Idealizadora e executora do cursinho Colmeia, a professora Josely traçou um histórico do projeto. Apresentou ainda números que mostram a evolução de ex-alunos do Colmeia que conquistaram vagas em faculdades e universidades públicas, como na própria FCA. Foram, por exemplo, 45 em 2023, e 75 em 2024. “No primeiro ano da FCA em Limeira, tínhamos apenas três estudantes de Limeira”, lembrou.

O professor Marcio Torsoni, representando o diretor da FCA, esteve presente, assim como a presidente do Ceprosom, Aucélia Damaceno, e a chefe do Serviço Social Educacional, a assistente social Maria Helvira Arantes Andrade, que coordena o projeto pela Prefeitura.